O Periquito Australiano

Periquito Australiano - Melopsittacus undulatus


O periquito-australiano (Melopsittacus undulatus) é uma espécie de ave psitaciforme pertencente à família Psittacidae. É um animal de estimação muito popular.
Os periquitos-australianos são aves pequenas, com uma envergadura média de 18 cm. Em cativeiro, têm uma esperança média de vida de 12 anos.
Na Natureza, o periquito-australiano ocorre nas zonas interiores da Austrália, habitando em zonas áridas. A plumagem natural da espécie é em tons de verde. As penas das costas e zona superior das asas são pretas, bordejadas a amarelo. A zona da face é amarela. O macho tem a carúncula (saliência acima do bico) azul, enquanto que a da fêmea é em tom castanho. Em cativeiro, foram desenvolvidas outras colorações artificiais, sendo as mais conhecidas em tons de azul, ou totalmente brancas. Os periquitos-australianos selvagens são menores que os criados em cativeiro.
Os periquitos-australianos alimentam-se quase exclusivamente de sementes de gramíneas, quando em estado natural. Em cativeiro, a dieta é complementada com verduras, frutas, farinhadas e outros complementos alimentares. Verduras: chicória molhada, espinafre; frutas: banana, laranja. Recomenda-se não dar em hipótese alguma abacate e semente de maçã, pois contém substâncias nocivas para a saúde dos periquitos-australianos.
O periquito-australiano é uma das duas únicas espécies de aves psitaciformes verdadeiramente domesticadas pelo homem. A espécie é alvo de selecção artificial e reprodução em cativeiro desde a década de 1850. Os periquitos-australianos podem aprender a falar. A ave doméstica registada com o maior vocabulário foi um periquito-australiano chamado Puck
 Os periquitos ondulados como também são conhecidos apresentam uma enorme variedade de mutações do "original" verde: Verde Claro, Azul,Factor Escuro,Cinzento, Violeta, Face Amarela, Opalino, Saddleback, Spangle, Spangle Melânico,Canela,Fallow, Lutinos e Albinos, Lacewings, Diluídos, Asas Claras, Asas Cinzentas, Arco Iris, Corpos Claro, Arlequim Australiano, Rémiges Claras, Arlequim Holandês, Arlequim Dinamarquês, Amarelos e Brancos de Olhos Preto, Slate, Antracite, Face Preta, Periquitos de Poupa, O Mottle, Bicolores, Frisados, Feather Duster e algumas combinações entre as mutações.

Fonte:  http://pt.wikipedia.org/wiki/Periquito-australiano
 _________
Austrália: Pátria dos Periquitos

O Periquito Selvagem.

A Austrália é o país de origem desta raça de Periquitos. Por lá se encontram em áreas secas e áridas distribuidos por todo o continente. Os  periquitos selvagens possuem cerca de 18 centrímetros e é pequeno se comparado com o Periquito Inglês que tem entre 22 e 24cm de comprimento. Eles têm uma cabeça muito maior que a do periquito nativo da Austrália e mais de 100 mutações de cores foram reconhecidas por todo o mundo.

Esta imagem retrata periquitos selvagens em terras australianas.


Em seu território natural os periquitos selvagens preferem fazer seus ninhos em cavidades de troncos de árvores, o preferido é o eucalipto que geralmente crescem próximo dos rios, nos troncos de eucalipto existem diversos tipos de cavidade sendo que as menores são escolhidas por periquitos; já as cavidades maiores são escolhidas pelas conhecidas Calopsitas.

Rio na Austrália e as árvores prediletas para reprodução dos periquitos selvagens.

Por lá os selvagens andam em bando para evitar ataques de predadores e fazem uso de seu amplo repertório linguístico unificado, para avisar uns aos outros casos de ameças e perigos. Eles têm tipos de ''vozes'' diferentes que todos os outros da mesma espécie entendem.

 
Quanto a alimentação dos selvagens lá as Gramíneas Spinifex, Mitchell e Tussock fazem parte da dieta natural da periquitos. As vezes, eles também comem trigo dos campos e alguns millet selvagens.
No início das manhãs as aves se reunem em bandos enormes e bebem e tomam banho no orvalho que ficou preso nas folhas das gramíneas.
Para obterem alimentos nutritivos os periquitos “viajam” longas distancias pois normalmente esse tipo de alimentação se encontra a 50km de distancia. Com o clima muito quente e seco da Australia, os selvagens migram através das planícies abertas (sertão australiano) e de longem avistam locais com tufos verdes.
Sertão australiano e a foto de um pé de milheto.



Fonte: Birds-Online - Alemanha
Tradução, Edição e Adaptação: Luiz André - Sagres/SP

Colaboração: Éder José - Cuiabá/MT
Lar dos Periquitos - Março de 2011

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fases de desenvolvimento de uma cria

Genética: Combinação de Cores

Como descobrir o sexo do seu periquito? Confira dicas aqui!