Feses nas patas

Hoje me deparei com um problemão, que se não resolvido afetaria cruelmente a pata de um filhote.

O filhote empenou completamente, atingiu a fase de saída do ninho e quando notei a pata dele estava cheia de feses secas grudadas entre as patas, unhas, pés... O desespero tomou conta pois o filhote não conseguia se firmar nos poleiros e afetava até os primeiros voos devido a este problema.

Método eficaz:

Mornei um pouco de água, peguei o filhote e fui lentamente jogando a água encima das patinhas até se soltarem por inteiro. Funcionou.

OBS: atenção voltada para a temperatura da água e o cuidado ao puxar as feses pois elas estão totalmente grudadas e se forem puxadas de forma violenta afetará a perna da ave.

Comentários

  1. aconteceu isso com o meu tbm,nas duas eu tirei ,mais notei que as perninhas dele estão atrofiadas,o problema que ele ainda e novo,tem penas ja,mais ainda n sai do ninho,to desesperado ,ele ja estaria na idade de andar.

    ResponderExcluir
  2. Aconteceu algo parecedo, a primeira cria da periquita, ela teve 3 filhotes, morreram 2 e o que sobreviveu, tb não saia do ninho e percebemos q ele ja estava na hora de sair e ao tirarmos de lá as patinhas estão atrofiadas, uma nem tanto, mas a outra esta, ele esta pla gaiola se esforçando para viver :(

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Eu estou passando por uma situação assim também.
    Nasceram 5 filhotes e não estão com força nas patas.
    Só que tem dois que estão piores.. já nem conseguem se segurar no poleiro, sem rastejam usando o bico.. to muito triste. Separei esses dois em outra gaiola. Eles estão comento normalmente. Mas não sei como fazer.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Fases de desenvolvimento de uma cria

Genética: Combinação de Cores

Como descobrir o sexo do seu periquito? Confira dicas aqui!